Complexidade e anormalidade da repolarização eletrocardiográfica predizem mortalidade por qualquer causa e cardiovascular em diabetes


São Paulo, 11 de Março de 2004.

O diabetes tipo 2 está associado com risco aumentado de mortalidade cardiovascular (CV) e por qualquer causa. Embora a medida eletrocardiográfica da complexidade e anormalidade da repolarização estratifique o risco na população em geral, seu valor prognóstico em diabetes ainda não está muito bem caracterizado. Por essa razão, pesquisadores americanos desenvolveram este estudo, que foi recentemente publicado na revista Diabetes.

Foi realizado eletrocardiograma digital (ECG) em 994 índios americanos com diabetes do tipo 2. A depressão de segmento ST (dST) 50 µV e o intervalo QT corrigido para a freqüência cardíaca (QTc) >460 ms foram examinados como medidas de anormalidade da repolarização. A análise do componente principal (ACP) da razão do segundo para o primeiro autovalores do vetor de onda T (razão ACP) (>32,0% nas mulheres and >24,6% nos homens) foi examinada como uma medida de complexidade da repolarização no ECG.

Após uma média de acompanhamento de 4,7 ± 1,0 anos, houve 56 mortes CV e 155 por qualquer causa. Na análise univariada, a dST, o QTc e a razão APC predisseram mortalidade cardiovascular e por qualquer causa. Após um ajuste multivariado para idade, sexo e outros fatores de risco, a dST (razão de risco 3,68; IC 95% 1,70-7,96) e a razão APC (2,61; 1,33-5,13) permaneceram preditoras da mortalidade CV e a dST(2,36; 1,38-4,02) e o QTc (2,03; 1,32-3,12) preditores da mortalidade por qualquer causa.

Os autores concluíram que as medidas de anormalidade e complexidade de repolarização do eletrocardiograma predizem mortalidade cardiovascular e por qualquer causa em diabetes do tipo 2, o que sustenta o uso destas para identificar indivíduos de alto risco com diabetes.

Uma resenha de Electrocardiographic Repolarization Complexity and Abnormality Predict All-Cause and Cardiovascular Mortality in Diabetes - Diabetes


Copyright ® 2004: São Paulo Medical Conferences Todos os direitos reservados.